Unidade Municipal de Saúde do Jurunas já conta com internet de alta velocidade

• Atualizado há 3 semanas ago

Desde esta quinta, 14, a Unidade Municipal de Saúde (UMS) do Jurunas utiliza a internet disponibilizada pela Prefeitura Municipal de Belém, por meio da Companhia de Tecnologia da Informação de Belém (Cinbesa).

A medida gera economia de recursos aos cidadãos e possibilita que as equipes médica e administrativa que trabalham no local acessem de forma eficaz e em alta velocidade os sistemas eletrônicos do Ministério da Saúde: o e-SUS, que agenda as consultas, e o Hórus, utilizado na gestão da assistência farmacêutica.

A ativação da fibra óptica na UMS Jurunas, solicitada pelo Núcleo de Assessoria em Tecnologia da Informação (NATI) da Secretaria Municipal de Saúde (Sesma), contou com a configuração de todos os 23 computadores da unidade e também suas impressoras de rede e pontos de acesso wi-fi.

Trabalho conjunto

O administrador de redes da Cinbesa, Alexandre Araújo, destaca o trabalho conjunto das gerências de suporte em Tecnologia da Informação, de Conectividade e de Atendimento ao Cliente, que trabalharam conjuntamente para a ação.

“Atualmente, a Cinbesa tem um link de 600 megas e outro de 500 megas, configurados com filtros e bloqueio, de modo que possam ser utilizados com a finalidade de trabalho e educação”, afirma Alexandre.

Segundo o gerente de TI da Sesma, Vinícius Lima, a solicitação foi feita pois a UMS Jurunas apresentava muitos falhas de conexão, o que prejudicava o agendamento de consultas.

“Com a fibra óptica, será possível enviar a nossa produção para o e-SUS com mais estabilidade. O médico faz o atendimento, preenche todo o prontuário do paciente e, ao enviar as informações para o sistema, o e-SUS gera o lote com os procedimentos realizados”.

Agilidade na marcação de consultas

Resolvendo a falha de conexão, a implantação da fibra óptica vai aprimorar a marcação de consultas, ao mesmo tempo em que possibilitará redução com gastos mensais de internet. E a economia ocorre também por representar maior durabilidade dos equipamentos, pois como destaca o administrador de redes, Alexandre Araújo, “a fibra óptica representa alta velocidade de conexão com qualidade, além de ser imune a intempéries climáticas como descargas elétricas, mantendo estabilidade e garantindo a durabilidade de equipamentos eletrônicos conectados.”

A UMS Jurunas, localizada na rua Fernando Guilhon, é a segunda unidade a ter ativada a fibra óptica em 2022. A UMS do Guamá também passou pelo mesmo processo no dia 16 de maio.

Em 2021 a Cinbesa implantou a redundância de acesso com dupla abordagem de fibra óptica nos Prontos-Socorros Mário Pinotti e Humberto Maradei Pereira, além da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Icoaraci e da UPA da Sacramenta.

O acesso à saúde e à tecnologia representam avanços na qualidade de vida da população, que recorre à rede municipal de saúde.

Veja também

Skip to content